A incrível Dieta Detox

Quem nunca ouviu falar da dieta detox? O que é essa dieta? E como ela funciona? Quais os benefícios? Quais alimentos permitidos? Que famosos usam? Receitas, já!

O que é a Dieta Detox?

Conhecida como a dieta dos famosos, ela composta por um conjunto de alimentos que tem a função de auxiliar o fígado a detoxificar o corpo. Ela ajuda o fígado a retirar as toxinas acumuladas, que são uma espécie de gordura, fazendo uma limpeza no organismo.

Como ela funciona?

A dieta detox é o suporte do fígado para eliminar os vilões do organismo, como os alimentos industrializados, carne vermelha, café, bebida alcoólica, açúcar, excesso de sal e alimentos que possuem químicas.

Mas não é só alimentos não, é tudo que as células absorvem como o ar poluído, medicamentos, produtos químicos, corantes, cosméticos, entre outros.

Eles acumulam uma gordura nas células impedindo a saciedade da fome, provocando sinais de intoxicação como o aumento de peso, inchaço, dores intestinais, dores de cabeça, a sonolência, articulações duras, falta de apetite ao acordar, perca de memória, cansaço, falta de libido, enfim, são muitos os sintomas.

A dieta de desintoxicação não é para sempre, é para um determinado tempo a curto prazo, para que depois faça uma reeducação alimentar, a não ser que seja uma filosofia de vida, mas o comum é a limpeza.

Benefícios

A primeira coisa que a dieta detox ajuda é no melhor funcionamento do intestino, filtrando as toxinas para que elas não cheguem ao fígado.

Diminui o inchaço da barriga, evitando a produção de gases. O aparelho digestivo tem uma melhor comunicação com o aparelho intestinal, ajudando na perca de peso.

Outro benefício da dieta detox, é o aceleramento do metabolismo, que além de gastar mais calorias, leva o corpo ter uma melhor absorção de nutrientes. E o corpo tem um melhor aproveitamento e mais vigor.

Este post foi publicado em Dietas

Dietas para perder barriga

Como perder barriga?

Para ter uma eficácia na eliminação das gordurinhas, não basta só malhar ou comer em 3 em 3 horas, tem que existir uma alimentação balanceada e uma boa combinação nos pratos.

Aqui vamos te ensinar uma dieta para perder a barriga se alimentando bem. Com um cardápio que vai te dá uma variação no paladar e umas receitas muito fáceis e saborosas.

Cardápio

O cardápio deve ser rico em vitaminas e pobre em gorduras. Procure sempre comer alimentos leguminosos para saciar a fome antes do prato principal no almoço, assim você não está com tanta vontade de comer.

Dia 1

Café da manhã: Tome uma vitamina bem rica de frutas, misture 200ml de água de coco com meia maçã, com meia pera, uma fatia de mamão, 3 folhas de hortelã e uma colher de linhaça.
Lanche da manhã: 1 iogurte.
Almoço: Vamos dividi- ló em duas partes. A primeira 200 g de salada verde, alface, rúcula, tomate, cebola, azeite, gengibre, tudo temperado com gotinhas de limão. A segunda 3 colheres de arroz integral com um filé de peixe grelhado.
Lanche da tarde: 1 copo de leite desnatado batido com fruta.
Jantar: 1 prato de 300g de sopa de legumes, com 2 duas torradas e uma pera com casca de sobremesa.
Ceia: 1 colher de castanha do Pará.

Dia 2

Café da manhã: 1 fatia de pão integral com uma xicara de capuchino.
Lanche da manhã: 1 suco de açaí com morango.
Almoço: Dividimos em duas partes. A primeira 200g de salada verde, alface, tomate cereja, frisée, miolo de escarola, rúcula e agrião, ao molho de maracujá. A segunda 1 colher de cenoura cozida, com 2 colheres de arroz integral, com 1 concha de feijão e peito de frango grelhado.
Lanche da tarde: 1 copo de suco de melancia com hortelã.
Jantar: 1 omelete de atum light, com salada verde alface, palmito, tomate e pedacinhos de maçã. De sobremesa um iogurte desnatado com linhaça.
Ceia: Shake gelado. 200 ml de chá verde batido no liquidificador com abacaxi e hortelã.

Esse cardápio, foi para servir de exemplo de como você mesmo pode em casa montar seus pratos com uma variedade e ao seu gosto.

Receitas para emagrecer

Sopa dos atletas

Ingredientes:

Carne magra
Batata
Cebola
Cenoura
Beterraba
Tomate
Salsinha
Salsão
Couve
Repolho
Sal a gosto

Modo de fazer:

Por 30 minutos cozinhe em panela de pressão a batata, cenoura, tomate, beterraba, salsão e a carne com sal a gosto. Quando estiver cozido retire os pedaços dos legumes (cenoura, batata, tomate) deixando a carne e caldo e reserve.

Espere esfriar o caldo grosso. Depois de frio percebe- se que o caldo forma uma capa de gordura, retire, limpe o caldo. Em uma outra panela aqueça o caldo e acrescentando a salsinha, couve e repolho.

Suco Verde

Ingredientes:

1 Jarra de água
Folhas de couve manteiga
1 Copo de suco de limão
Açúcar a gosto

Modo de fazer:

Higienize as folhas de couve manteiga com um litro de água com uma colher de sopa de água sanitária sem perfume, deixar imerso por 10 minutos. Depois corte as folha grosseiramente.

Use um copo de medida, coloque o máximo de folha cortada que couber, para cada copo de folha, dois do mesmo copo de água. Junte no liquidificador, a água, a couve manteiga, o suco de limão e pouco de açúcar e bata tudo. E está pronto o suco verde.

Este post foi publicado em Saúde

Você nasceu mesmo para ser RICO?

Rico, eu?

Pode perguntar para qualquer pessoa que quiser e ela te responderá – Sim, eu adoraria ser rico! Mas, afinal, você tem vocação para ser rico? O quê seria ser rico? Quanto dinheiro eu precisaria, para de fato eu ser rico e poder ser chamado disso?

Vamos definir riqueza!

De certa forma, ser rico é quando você não precisa mais gastar energia, pois o seu rico dinheiro trabalhará por você. De outro modo, é uma forma de se aposentar, parar de fazer tudo que você faz, pois seu dinheiro será capaz de se reproduzir e pagar toda sua despesa mensal.

O grande lance da riqueza é você poder fazer o que quiser e na hora que quiser sem precisar ficar pensando se pode ou não fazer. É tipo, estar solteiro novamente, ou melhor, voltar a ser criança e se lembrar que a única responsabilidade que tinhamos era passar de ano.

Agora é fato, para sermos ricos, financeiramente falando, você precisa saber como poupar dinheiro e investi-lo de forma correta ao longo de sua vida. Mesmo que você tenha nascido em berço de ouro ou de latão, o importante é como fazer este dinheiro render e trabalhar por você.

Como fazer o dinheiro trabalhar por mim?

1. Aportar sempre!

Mas que xingamento é esse? Aportar? Pera aí, eu preciso de porte de alguma coisa? Quem sabe uma arma! Bom, se você pensou nisso, você está muito longe de ser rico. Aporte, nada mais é do que criar o hábito de guardar dinheiro mensalmente, ou até semanal, aplicando em um investimento para que ele possa render juros e se beneficiando do juros compostos.

2. Saber onde investir

Tão importante quanto aportar, é saber onde colocar o dinheiro. Aqui vem a sensibilidade que temos sobre o dinheiro. Alguns conseguem correr grandes riscos, por grandes retornos, mas outros não conseguem ver seu patrimônio cair nem 1%.

Lembre-se, o risco é totalmente proporcional ao retorno. Você deverá aprender a dividir sua carteira para que grande parte de seu patrimônio esteja com baixo risco e outra pequena parte esteja com o risco mais elevado.

Isso vai variar de pessoa para pessoa, cabe você conhecer o seu perfil de risco.

3. Fazer a gestão do seu patrimônio

Nós temos vários momentos na vida, quando temos vinte anos, quando temos trinta ou quando temos mais de sessenta. Cada periodo tem suas particularidades de risco e devemos ir tirando o pé do acelerador quando formos envelecendo.

Um jovem com pouco mais de vinte anos pode correr mais riscos de perder seu patrimônico do que um senhor com setenta anos, pois ambos tem finalidades diferentes e devem correr menos riscos.

Conclusão

Aporte sempre que puder, seja com qualquer idade que tiver, mas ao envelhecer, corra menos risco, aplique seu dinheiro onde for correr menores riscos.

E nunca se esqueça, seja feliz! A vida é para ser vivida hoje, não amanhã.